Disposição Final
Disposição final de resíduos
Assessoria ambiental e gestão de resíduos RJ reciclagem
Assessoria ambiental e gestão de resíduos RJ reciclagem

A disposição final dos resíduos consiste na disposição definitiva dos resíduos sólidos ou líquidos em locais previamente preparados para recebê-los, com técnicas, manejo e rastreabilidade de todo o processo escolhido, minimizando assim impactos ambientais e proporcionando maior segurança com escolhas de métodos que minimizam os riscos a saúde publica e a imagem da empresa

Principais formas de disposição final de resíduos

Usada para destinação dos resíduos orgânicos. Esta técnica consiste no reaproveitamento dos alimentos impróprios para consumo, utilizando esse material na produção de adubo para fertilização de hortas, jardins, entre outros. É preciso que faça a separação do lixo por meio da coleta seletiva, para que não haja contaminação por parte dos demais resíduos, e assim dificulte o processo de compostagem. A prática, além de ser a mais sustentável, combate a redução do volume dos resíduos nos aterros sanitários e evita o uso de agrotóxicos para a plantação de hortas.
É a destruição térmica de resíduos em fornos de cimento. A partir da queima é possível reaproveitar como potencial energético ou substituto de matéria prima na indústria cimenteira, sem qualquer alteração na qualidade do produto final. Recurso ideal para resíduos líquidos, sólidos e pastosos, como originados das seguintes atividades industriais: petroquímica, química, montadora, autopeças, eletrônicas, siderurgia, metalurgia, metal-mecânica, celulose e papel, entre outras. Controle na emissão de gases, atendimento a ampla gama de resíduos são algumas vantagens deste tipo de destinação final.
Utilizado para tratamento de resíduos de serviços de saúde por autoclavagem. A desinfecção térmica esteriliza o lixo infectante em uma unidade de tratamento. Após o procedimento, o resíduo é triturado e disposto como resíduo classe II B no aterro sanitário.
A coleta seletiva é a etapa inicial no processo de reciclagem e fundamental para uma visão sustentável. Trata-se de descartar os resíduos separadamente, que por sua vez, podem ser reaproveitados para outros fins, aumentando o tempo de vida útil e minimizando impactos ambientais. Vale ressaltar a importância da conscientização sobre o descarte correto dos resíduos reciclados para que não sejam contaminados com os demais rejeitos, impossibilitando o seu reaproveitamento e aumento assim a sua valorização.
Técnica de destinação adequada para o descarte de resíduos sólidos não perigosos, cujas características não os permitem passar por outros processos de reaproveitamento. Este método utiliza princípios da engenharia para confinar os resíduos sólidos, cobrindo-os com uma camada de material inerte na conclusão de cada jornada de trabalho. Antes da sua operação, a área é impermeabilizada em sua base, bem com são instalados sistema de captação de chorume e de gases metano, se extraindo o biogás que geram energia para pequenas cidades e locais. A disposição faz-se por células que uma vez preenchidas são devidamente seladas e cobertas por vegetação para posterior aproveitamento de ocupações leves em zonas verdes
É uma opção para os casos de estocagem temporária de resíduos em geral. Este armazenamento é realizado em um local preparado para receber resíduos Classe I (Perigosos) e Classe II (Não perigosos). É um ambiente fechado, com piso impermeabilizado, dotado de um sistema moderno de exaustão e controle, para que em tempo definido, serem descartadas junto aos receptores finais com a total segurança e rastreabilidade.

Procurando por uma empresa

séria e comprometida em Disposição Final de Resíduos?

Solicite seu orçamento clicando no botão abaixo. Nossa equipe retornará o mais rápido possível. Estamos disponíveis para tirar todas suas dúvidas.

1
Olá!

Vamos iniciar uma conversa?

Clique no ícone abaixo que em instantes nosso atendimento entrará em contato com você.
Powered by