No nosso cotidiano, produzimos toneladas de resíduos de diversos tipos, em cada ambiente pelos quais passamos. Entre eles, está o lixo que produzimos em casa.

O lixo residencial ou lixo doméstico é gerado diariamente em atividades como cozinhar, ir ao banheiro, tomar banho, lavar roupas e sapatos, varrer a casa e limpar o espaço do seu pet, por exemplo. Porém, poucos ainda sabem no que consiste o seu próprio lixo residencial ou para onde ele vai após ser recolhido.

O que é Lixo Residencial?

O lixo residencial ou domiciliar é todo tipo de resíduo gerado a partir de atividades domiciliares, seja ele orgânico (restos de alimentos, cascas de frutas, etc) ou inorgânico (plástico, papel, alumínio, entre outros materiais). É uma das modalidades de lixo mais heterogêneas existentes, apresentando baixo nível de reaproveitamento caso não seja armazenado da forma correta.

Com o aumento do poder de compra da população e a massificação de produtos industrializados, o volume de lixo domiciliar gerado vem aumentando em uma taxa de aproximadamente 1,7% ao ano – mesmo nos anos de crise. Unido à irregularidades na destinação e à falta de orientação ao público, esse crescimento em volume causa impactos graves na rotina das cidades, além da poluição de rios, mananciais e áreas verdes.

Como o lixo residencial costuma ser coletado?

De forma geral, a coleta do lixo residencial é feita pela administração municipal. A frequência varia de acordo com o porte da cidade ou com o ritmo de geração de lixo do bairro, sendo feita em média três vezes por semana. Em cidades grandes, como o Rio de Janeiro, essa coleta pode ser feita até diariamente.

Após a coleta, o lixo é compactado no caminhão e levado para a destinação final. A destinação correta mais comum são os aterros sanitários; porém, ainda hoje, existem lixões irregulares ativos, que recebem toneladas de lixos todos os dias, poluindo o ar, a água e o solo nos arredores da área de depósito.

Algumas poucas cidades contam com coleta seletiva – e mesmo nas cidades onde ela acontece, a atividade ainda é restrita a determinados bairros. Nesses casos, o lixo deve ser separado pelos moradores e colocado para recolhimento no horário correto.

Como seria a coleta ideal do lixo residencial?

O processo de coleta do lixo começa já no momento do descarte inicial, nas lixeiras dentro de casa. O ideal é que o lixo seja sempre separado em classes definidas de acordo com seu destino final. É comum a separação em quatro macro-categorias: orgânicos, secos/recicláveis, lixo eletrônico e rejeitos.

  • Orgânicos: cascas de vegetais e de ovos; restos de comida (preferencialmente congelados); papelão sem revestimento plástico (ex.: rolos de papel higiênico, caixas de pizza).
  • Secos/Recicláveis: Principalmente embalagens feitas de papel, plástico, alumínio, vidro, papelão, tecidos; de preferência, elas devem ser higienizadas antes do descarte.
  • Lixo Eletrônico: pilhas, baterias, lâmpadas, celulares, computadores, videogames, brinquedos eletrônicos, entre outros.
  • Rejeitos: Papel higiênico usado; jornal (limpo ou sujo); resíduos de cola ou plástico; velas; fezes dos pets; poeira de aspirador; unhas cortadas; cabelo; restos de ração.

A partir dessa separação, o próprio morador pode encaminhar cada tipo de lixo para o seu destino final devido: os orgânicos para a composteira; os recicláveis para a coleta seletiva ou para cooperativas de catadores; os eletrônicos para ONGs e empresas especializadas; e os rejeitos para a coleta municipal.

Diferenciais da SCR

A Santa Cecília Resíduos atende diversos condomínios residenciais e comerciais, e também prefeituras no estado do Rio de Janeiro. O nosso atendimento garante o transporte seguro e a destinação correta dos resíduos domiciliares, além de ajudar na implantação de coleta adequada no ambiente do condomínio – fornecendo baús específicos para o descarte de cada tipo de resíduo, para serem recolhidos e levados a destinações específicas.

Entre em contato conosco e faça o planejamento da coleta de resíduos do seu condomínio!

Últimos Artigos
Siga nosso Instagram
This error message is only visible to WordPress admins

Error: API requests are being delayed. New posts will not be retrieved.

There may be an issue with the Instagram access token that you are using. Your server might also be unable to connect to Instagram at this time.

Error: API requests are being delayed for this account. New posts will not be retrieved.

There may be an issue with the Instagram access token that you are using. Your server might also be unable to connect to Instagram at this time.

Open chat
1
Olá!

Vamos iniciar uma conversa?

Clique no ícone abaixo que em instantes nosso atendimento entrará em contato com você.
Powered by