De onde vem a água que bebemos no Rio de Janeiro? Por quê estamos bebendo água de péssima qualidade?

Para responder a essas e outras perguntas que o carioca vem fazendo desde o início da crise da água, dois repórteres – Alberto Fernandez e Chico Regueira – se propuseram a visitar a nascente e de lá seguir acompanhando o caminho da água que passa pelo interior de SP e do RJ, até Baixada Fluminense e capital. Em uma série de reportagens exibida no Bom dia Rio, RJ1 e RJ2, os repórteres percorreram mais de 1.200 km visitando cidades e os rios que abastecem o Sistema Guandu, responsável pelo abastecimento de água do Rio e Baixada Fluminense.

O esgoto é jogado in natura, sem tratamento, no rio na maioria das cidades. Lixo e entulhos diversos, além de resíduos industriais, também estão presentes na água dos rios. Em Seropédica, na Baixada Fluminense, a equipe constatou a presença de lixo no Rio Guandu, e enfatizou a falta de política públicas para o saneamento básico. É esta água poluída que chega na Estação de Tratamento do Guandu, na Baixada Fluminense.

A equipe validou o que já se supunha: há pouca política ambiental pública e falhas na fiscalização ambiental. Na prática, temos poucos projetos para recuperar o rio e combater os efeitos da poluição das águas.

Para saber mais, acesse o artigo na íntegra e também assista aos vídeos da série “Expedição Água” neste link.

Open chat
1
Olá!

Vamos iniciar uma conversa?

Clique no ícone abaixo que em instantes nosso atendimento entrará em contato com você.
Powered by