Economia circular é um conceito que associa desenvolvimento econômico a um melhor uso de recursos naturais, por meio de novos modelos de negócios e da otimização nos processos de fabricação com menor dependência de matéria-prima virgem, priorizando insumos mais duráveis, recicláveis e renováveis.

Enquanto o conceito linear considera a produção-uso-descarte, no conceito circular os produtos são reaproveitados em um novo ciclo, não gerando “lixo” nem resíduos. Ao reutilizar e evitar o descarte, não apenas resolvemos o problema do acúmulo de resíduos, como também evitamos ou reduzimos o impacto negativo da produção de um novo bem.

O grande segredo para a circularidade de um produto está em seu design. Os produtos precisam ser intencionalmente desenhados para ser circulares – desde a matéria prima circular, passando pela montagem (de modo que possa ser “desmontado” e “remontado” no futuro) e por fim o uso, pois as características que tornam o produto circular não podem ser perdidas durante o uso.

Com relação à matéria-prima, os materiais e químicos usados no processo produtivo de um bem circular são selecionados para priorizar a proteção ao meio ambiente e à saúde humana, sempre tendo em mente que esses materiais servirão como input da produção de um novo produto.

Confira abaixo um infográfico com as etapas da economia circular:


Para saber mais sobre a economia circular e como implementar o conceito, acesse: https://invest.exame.com/esg/economia-circular-produto-renascer-descarte

Deixe seu comentário

Insira o seu nome.
Por favor, insira um comentário.
Open chat
1
Olá!

Vamos iniciar uma conversa?

Clique no ícone abaixo que em instantes nosso atendimento entrará em contato com você.
Powered by