Sustentabilidade ambiental

Sustentabilidade ambiental

sustentabilidade-ambiental

Será que todos já sabemos o que significa a expressão atualmente muito usada nas discussões de “proteção da vida e preservação do meio ambiente” do nosso Planeta? O legado que pretendemos deixar para os nossos filhos e as futuras gerações é que nos fará entender efetivamente o seu significado e o porquê, necessita ser disseminado o mais possível para que uma maior quantidade de pessoas, empresas e instituições se envolvam visando garantir um futuro com melhores condições de vida a todos indistintamente. Mesmo no ritmo ou correria que vivemos no mundo atual, é preciso refletir e agirmos reinventando formas de “ser e de fazer”.

Novos métodos e soluções deverão nos levar a um desenvolvimento mais inteligente e responsável, com caráter de perenidade e garantia de bons resultados já no presente e certamente no futuro. A partir dessas considerações, nos parece que SUSTENTABILIDADE AMBIENTAL não é simplesmente uma teoria econômica ou um trabalho de conscientização qualquer, mas, sobretudo, uma filosofia de vida, pela qual, devemos cuidar muito bem do nosso presente para que as gerações futuras tenham a possibilidade de usufruírem dos avanços tecnológicos, mas também, das dádivas da natureza. Consiste, sobretudo, para que possa vingar, num trabalho político visando conquistas que objetivem comprometimentos sobre uma nova forma de proceder em que todos ganham: as pessoas, as empresas, a sociedade e a natureza.

SUSTENTABILIDADE AMBIENTAL é viver com desenvolvimento, sem, contudo, se esquecer do meio ambiente e da melhoria dos padrões de vida para todas as pessoas. Para a sua disseminação, como deve ser, para que mais consciências se comprometam e nela se envolvam, há que se dar ênfase na EDUCAÇÃO AMBIENTAL, como força transformadora reconhecida, capaz de atingir o necessário resgate da auto-estima, da responsabilidade e da cidadania plena. Não se pode mais ignorar, é imperioso enfrentar essa verdade inconveniente como diz o senador norte-americano Al Gore, e cada um de nós, deve fazer a sua parte, antes que seja tarde de mais. O modo de “ser e de fazer” é plenamente renovável!

Fonte: Olhar Direto