S.O.S Amazônia

S.O.S Amazônia

s.o.s.amazonia

A maior reserva natural do mundo pede socorro.

Somente em 2002 foram devastados 25.500 m2 de vegetação na Amazônia, de acordo com dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, o INPE. A área prejudicada equivale ao estado do Sergipe. Se o estrago em apenas um ano pode chegar a estas proporções, imagine o quanto a maior reserva natural do mundo já perdeu até hoje.

É impossível calcular as perdas na fauna e flora, mas muitos especialistas garantem que o dano é irreparável. Milhares de espécies desaparecem a cada ano e há dificuldades em recuperá-las: problemas como falta de investimento e conscientização atrapalham as ações voltadas para preservação e conservação das matas.

A escassez de medidas efetivas por parte do governo também agrava o problema, notoriamente apontado pelo mundo como uma das grandes tragédias causadas pelo homem. Apesar da boa reserva que ainda possuímos, não há muito que comemorar: a cada dia, centenas de árvores são derrubadas e milhares de hectares de pura vegetação são queimados.

Aos cidadãos, resta investir na cobrança das autoridades e na conscientização da população sobre o problema. Ações com foco na educação de crianças e adolescentes têm surtido bastante efeito na disseminação de informações sobre o tema. Um exemplo é o projeto Água é Vida, que além da questão da água trata também de temas ambientais. Certamente, é um grande passo em direção à preservação.

Fonte: www.h2oaguaevida.com.br